Entenda de uma vez por todas o que é o auxílio doença e tire suas dúvidas aqui!

Você conhece todos os seus direitos? Muitos trabalhadores não têm ideia das vantagens trabalhistas que uma CLT oferece. Uma delas é o auxílio doença, que pode ser muito útil nas horas que mais precisamos, ao passarmos por uma dificuldade. Seria péssimo se tivéssemos o nosso salário retirado no momento que mais precisamos financiar algumas despesas de urgência.

Entenda melhor nesse post o que é esse auxílio e tire suas dúvidas de uma vez por todas.

O que é?

Essa prestação previdenciária é paga em dinheiro vivo para o segurado que ficar incapacitado de trabalhar por mais de 15 dias consecutivos. Contanto que ele tenha cumprido a carência exigida pela lei, o auxílio será entregue normalmente sem muita burocracia. A pessoa também só pode ser beneficiada se tiver que suspender suas atividades de trabalho por mais de 15 dias.

O benefício também é cedido às pessoas que já tinha alguma lesão antes de contribuir com o RPS, contanto que ela tenha se agravado após a contribuição. A ajuda é provisória, mas deve ser mantida enquanto o trabalhador necessitar de recuperação, sem limite de dias.

Para isso, o beneficiado passa por constantes avaliações médicas da Previdência Social, para garantir que ele realmente necessita. O cumprimento de carência para poder receber o dinheiro é de 12 meses.

Auxílio doença parental

No caso desse benefício, o remunerado não é a pessoa que sofre da doença, mas sim seus dependentes. Isto é, desde maio de 2015, quando foi aprovado o auxílio doença parental, os segurados que possuem um companheiro(a), pai, filho, padrasto, madrasta, enteado ou qualquer outro dependente poderá beneficiar a eles também. Dessa maneira, o dependente recebe o auxílio em espécie para acompanhar a pessoa enferma da família.

Esse auxílio é extremamente necessário para casos de doenças graves, como o câncer, que muitas vezes ocupa tanto tempo das pessoas que cuidam do paciente que elas precisam parar suas rotinas de trabalho. Como os custos com uma doença não são baixos, a ajuda é uma forma de substituir a ausência de um emprego e o salário. O dinheiro é entregue mensalmente para o segurado enquanto seu parente estiver em condições adversas que o impossibilite de voltar a trabalhar.

Qual valor posso receber?

O valor de cada benefício é equivalente ao salário recebido pelo segurado, independentemente das suas despesas médicas. Ou seja, se uma pessoa recebe R$ 1.500,00 hoje e precisa se ausentar por doença, seu auxílio será um benefício de R$ 1.500,00 mensais. O teto para o máximo de valor cedido é o mesmo que para a aposentadora: R$ 5.189,82.

No caso de trabalhadores autônomos, o valor é exatamente o mesmo que ele contribui, com base em dois salários mínimos. Por isso, autônomos devem ficar atentos ao valor que contribuem para o INSS, pois eles somente receberão essa quantia caso precisem do auxílio doença.

Como dou entrada no meu auxílio?

É muito simples. Hoje com a internet, você tem diversas possibilidades de acionar sua quantia. Você deve entrar em contato com o INSS, através do número grátis 135 e consultar qual o posto mais próximo de você. Ou pode realizar uma consulta online no site da previdência para ver qual a agência mais perto.

Depois solicite formalmente o auxílio doença e apresente ao atendente a declaração da empresa onde você trabalha, com carimbo e assinatura.

Junto à declaração, deve conter um atestado médico com o motivo do afastamento e o médico que o prescreveu. Além disso, o atestado deve contar o período sugerido para afastamento da empresa.

Por fim, é só apresentar um documento de identificação com foto e aguardar a resposta por telefone de quando ocorrerá sua perícia médica.

0 Compart.

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *