Calcular férias de trabalho: Como fazer? Aprenda o jeito certo!

como calcular férias

Todos os trabalhadores que atuam no mercado com carteira assinada fazem jus ao acordo de Consolidação das Leis Trabalhistas, a CLT, que dentre outros diversos artigos impõe que o trabalhador após completar 12 meses na mesma empresa tem o direito de gozar de férias por um período de 30 dias sem ser lesado do seu salário mensal, mais acréscimo de um terço. E por isso, saber calcular férias de trabalho é fundamental.

Para aprender a fazer o cálculo das suas férias da maneira correta e atualizada, não perca tempo e continue lendo este artigo.

Aprenda a fazer o calculo certo!

Antes de iniciar o nosso tutorial de como calcular férias de trabalho, iremos explicar o que a lei diz para que você não se sinta lesado.

Um dos artigos do acordo de Consolidação das Leis Trabalhistas, diz que após completar os 12 meses na mesma empresa o funcionário passa a ter o direito de 30 dias de férias e a empresa deve liberar o funcionário para fazer o gozo dessas férias em até 11 meses após o vencimento, sobre pena de pagar o dobro da remuneração caso isso não aconteça.

Portanto, mesmo após completar os 12 meses de trabalho, você poderá continuar trabalhando normalmente, podendo tirar as suas férias dentro desses primeiros 11 meses seguintes, onde dentro deste período, a critério da empresa será ofertado as suas férias.

A lei diz também que em determinadas situações as férias do empregado poderá ser dividida, onde um período não poderá ser menor do que 14 dias sequenciais e que o pagamento das férias deve ser realizado em até dois dias antes do início do descanso.


➡ Saiba como funciona o exame de admissão no trabalho


calculadora de férias

Agora vamos aos cálculos

O cálculo é bem simples, a lei diz que o trabalhador deve fazer jus a média do seu salário mensal, mais acréscimo de 1/3, ou seja, se o funcionário tem o seu salário de R$ 900 reais, mas em praticamente todos os meses do ano recebeu acréscimos de horas extras, por exemplo, deve-se então calcular as férias sobre a média destes salários acrescidos das horas extras e não somente sobre o salário base.

Exemplo:

O salário base do funcionário é 900 reais, mas em alguns meses recebeu 1100, outro mês 1000, outro 1300, assim por diante, então deve se calcular a médias destes salários.

Salario para férias = 900 + 1100+ 1000 + 1300 = 4300/4 = 1.075

Neste caso a média de salário do funcionário foi R$ 1.075,00, portanto agora deve-se acrescentar um terço sobre este salário.

Logo o cálculo ficaria da seguinte forma:

1.075/3= 358,33

Então o funcionário deveria receber referente às suas férias a quantia de:

1.075 + 358,33= 1433,33

Saber como calcular férias de trabalho é importante para que você possa saber se todos os seus direitos estão sendo garantidos e se você realmente está recebendo o valor justo conforme previsto na lei.

Se você ainda tem alguma dúvida sobre como calcular férias de trabalho, deixe-nos um comentário, pois assim que for possível nós iremos responder você!

 

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *